Comunidades do Protocolo do Bailique vão ganhar quatro Unidades de Produção de Gelo

By
doação

As comunidades envolvidas no Protocolo Comunitário do Bailique, irão receber do Greenpeace a doação de quatro unidades de produções de gelo, cada unidade tem capacidade de produzir 200kg de gelo/dia. Há dois anos, a manifestação realizada pelo Greenpeace em defesa dos Corais da Amazônia, contou diretamente com o apoio do Protocolo Comunitário do Bailique. A manifestação teve a intenção de sensibilizar os governos a obrigar as empresas petrolíferas a assinar acordos assumindo responsabilidades por danos ambientais advindos da exploração de petróleo naquela região.

De acordo com pesquisadores a exploração de petróleo nessa região afetará diretamente as comunidades tradicionais que vivem no Arquipélago. Além de destruir todo o bioma. Essas comunidades vivem essencialmente da pesca de subsistência e do extrativismo. Durante encontros foram apresentados estudos socioeconômicos das comunidades que apontam as necessidades de investimentos nas áreas de infraestrutura como: energia elétrica, saneamento e educação, dentre outros. Mesmo assim a falta de energia elétrica é um grande problema nas comunidades afetando diretamente o armazenamento de alimentos e de toda a produção agroextrativista da região. Para suprir a falta de energia elétrica e fomentar a fabricação de gelo para conservar os alimentos, pesquisadores do Greenpeace e Universidades parceiras se debruçaram sobre a pesquisa de projetos sustentáveis de energia elétrica para as comunidades.

Após dois anos de estudos foram apresentadas as novas tecnologias de produção de energia elétrica sustentável e produção de gelo. A reunião de apresentação aconteceu dia 06 de agosto, na Comunidade de São João Batista, no Arquipélago do Bailique e contou com a participação de lideranças de 20 comunidades. A unidade de produção de gelo é composta por um freezer, baterias e painéis fotovoltaicos. Esse sistema funciona por meio de energia solar e, não necessita de gerador de energia movido a combustível fóssil, como óleo diesel vindo do petróleo.

Durante a reunião ficou definido que serão instaladas quatro Unidades de Produção de Gelo nas comunidades:

01-Comunidade São João Batista, onde fica localizada a base da Cooperativa Amazonbai;

02-Comunidade de Freguesia onde fica localizada uma grande quantidade de pescadores artesanais;

03 – Comunidade de Arraiol, onde se localiza o CVT Agrobiodiversidade do Bailique – Curso Técnico de alimentos;

04 – Comunidade de Jangada, onde a comunidade sobrevive da pesca artesanal e extração de Açaí. Os equipamentos serão entregues as quatro comunidades no final do mês de agosto. Já no início de setembro serão realizadas oficinas de capacitação para as pessoas que irão cuidar da manutenção dos equipamentos, produção de gelo, capitação e tratamento de água da chuva.

Compartilhe!
doação

You may also like

doação