OELA inicia Projeto Esporte para Todos nos bairros Mauazinho e Zumbi dos Palmares em Manaus (AM)

By
doação

A Oficina Escola de Lutheria da Amazônia – OELA lança hoje, 5 de maio, o Projeto Esporte para Todos no bairro Mauzinho, na Zona Sul de Manaus. As atividades acontecem no Espaço Apoio Pedagógico (EAP), onde ocorrerão as aulas nas modalidades esportivas de Taekwondo, Esportes Coletivos, Muay Thai e Judô. O projeto abrange também o bairro Zumbi dos Palmares, na Zona Leste. Neste bairro, as atividades acontecerão na sede da OELA.

O Esporte para Todos visa atender cerca de 240 crianças e adolescentes, com idades de 6 a 17 anos. O objetivo maior do projeto é alcançar transformações sociais e comunitárias por meio do esporte educacional para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, além de criar meios para que este público possa ter acesso à prática esportiva e garantir os direitos que estão assegurados pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), como o Direito de Brincar e o Direito de Ser Adolescente.

“Nosso papel é apoiar, é tornar possível que essas crianças e adolescentes façam a diferença em suas vidas com ótimas oportunidades e construam um futuro promissor, sendo ótimos na vida comunitária, agindo melhor com e pelo próximo, entre tantos ensinamentos que este projeto pretende alcançar, principalmente, aprendendo a ser cidadãos completos”, declarou Jéssica Gomes, Diretora Executiva da OELA.

As aulas seguirão o protocolo de segurança da COVID-19, protegendo nossas crianças e adolescentes, por meio da doação de máscara e a disponibilização de um toten de álcool em gel na acolhida dos alunos. Além disso, as atividades foram remodeladas. Haverá momentos híbridos, sendo algumas aulas na modalidade presencial e outras na modalidade remota. Cada professor ficará responsável por repassar um caderno de rotina para o melhor proveito das aulas remotas.

A OELA está preparada e adaptada para realizar atendimentos e atividades de modo remoto, principalmente nessa fase de pandemia, pois prezamos, sobretudo, pela segurança tanto dos alunos quanto dos colaboradores. Por isso, e para isso, a OELA tem agido de modo criativo, readaptando-se sempre que necessário.

 

Compartilhe!
doação

You may also like

doação