Alunos do Projeto Esporte Educacional e Sustentabilidade visitam Bosque da ciência

By
doação

Nesta quarta-feira, (12), o projeto da OELA, Esporte Educacional e Sustentabilidade patrocinado pela Petrobras, visitou o Bosque da Ciência do INPA (Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia), onde treze alunos que participam das atividades de Esportes Coletivos no bairro Mauazinho puderam conhecer através de uma ação do programa ambiental, parte da diversidade do ecossistema Amazônico.

A visita foi guiada e agendada com a AMPA (Associação Amigos do Peixe-boi) patrocinada pela Petrobras, que durante toda a manhã mostrou para os alunos a estrutura do aquário onde ficam a Ariranha e Peixe-boi, Casa da Ciência com diversas espécies de pássaros e animais empalhados além da maior folha do mundo, a Coccoloba, medindo 2,5 metros de altura e 1,5 metros de comprimentos.

Os alunos estavam muito atentos a tudo que era mostrado, perguntando, interagindo e registrando os momentos através das câmeras de celular, principalmente quando passaram pela trilha guiada do bosque. “O macaco é muito rápido, pulando para outro galho, eu pensei que ele ia pular no tucumanzeiro e se furar, mas ele é esperto, pulou na outra árvore”. Disse o aluno Gabriel Hudson, ao ver os macacos pularem pelas árvores desviando dos tucumanzeiros, espécie que tem espinhos no caule.

Durante a visita dos alunos do projeto, foi apresentado pela AMPA a atividade “Peixe-boi a bordo” que está na sexta edição: “É um momento que as crianças veem para o parque aquático e aprendem muito mais sobre os mamíferos aquáticos, como se fosse um mergulho no conhecimento, além da observação de outros animais, com materiais didáticos criados por pesquisadores que incentivam elas a visitarem mais estes espaços”. Destacou Jamylle de Souza Oliveira, coordenadora do programa de educação ambiental da AMPA.

A AMPA é uma organização que atua no projeto mamíferos aquáticos da Amazônia junto ao INPA, através de estudos, pesquisas e educação ambiental. A ONG recebe quase diariamente escolas e instituições que realizam atividades relacionadas ao meio ambiente. “Geralmente as escolas ou grupos nos procuram, apresentam um projeto que tem sido desenvolvido e a gente viabiliza uma visita ou nós vamos na escola”, ressaltou Jamylle.

A educadora ambiental do Projeto Danielly da Mata destacou a importância desta atividade com as crianças dentro do projeto: “A intenção é fazerem eles vivenciarem na prática o que é passado na teoria, porque é um aprendizado que vão levar para o resto da vida, eles estão vendo, sentindo, ouvindo, então tudo isso é importante, até mais do que só falar ou passar uma atividade. Educação ambiental é isso, ao vivo e a cores”. Ressalta Danielly.

Compartilhe!
doação

You may also like

doação