Um dia no museu

By
doação

Um museu vivo. Um fragmento da maior floresta tropical do mundo em plena zona urbana de Manaus. O Museu da Amazônia (MUSA) se tornou um dos points mais procurados por turistas que vem ao Amazonas em busca de um contato maior com a natureza.

Um lugar que ensina sobre a fauna e a flora, além de toda diversidade cultural da região. E os alunos de remo projeto Esporte Educacional e Sustentabilidade (EES) – que é realizado pela Oficinal Escola de Lutheria da Amazônia (OELA) com patrocínio da Petrobras, por meio do programa Petrobras Socioambiental – tiveram a oportunidade de ter seu primeiro encontro com este patrimônio da Amazônia, na última segunda-feira (15).

O Museu da Amazônia foi fundado no ano de 2009 e fica em uma área de aproximadamente 100 hectares da Reserva Florestal Adolpho Ducke, na Avenida Margarita, Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus.

Atrações

No MUSA os alunos do projeto puderam acompanhar exposições, conhecer o maquinário artesanal de fabricação da farinha, modelo de canoas indígenas e ribeirinhas, entre outros itens do cotidiano amazonense.

Eles conheceram ainda o viveiro de orquídeas e bromélias e o lago do Jardim botânico, que abriga várias vitórias-régias. O encantamento dos alunos foi grande ao conhecer os bichos, principalmente no aquário do MUSA. Mas o ápice do passeio foi, sem sombra de dúvida, a visita à Torre de Observação.

Com todo o gás típico da juventude, a garotada subiu os 42 metros da torre para curtir, lá de cima, o visual paradisíaco da floresta. Selfie liberada, afinal, não é todo dia que você tem a oportunidade enxergar a floresta do alto.

Encanto

Carla Beatriz, de 14 anos, era uma das mais empolgadas do passeio. Ela contou que era sua primeira vez no Jardim Botânico e as impressões foram as melhores possíveis. “Achei um lugar bem agradável, bem legal de passear. Um lugar legal para curtir coisas novas, conhecer novos animais, plantas… Foi bom demais. Esse contato com a natureza é diferente. A natureza traz paz”, contou. Para o professor de remo Manasseh Barbosa, a atividade serviu para formação dos alunos além muito além do esporte.

“O ser humano precisa se desenvolver integralmente. O esporte é uma das partes do ser humano, a parte física, mas há também o social, e também há o ensinamento no que diz respeito a noção de realidade, de espaço em que eles vivem, de comunidade… E isso faz parte desse processo educacional. Eles interagirem com a natureza, com a realidade amazônica, e isso vai servir para eles darem valor a terra, vai servir para que eles possam crescer integralmente como cidadãos. Um cidadão que vai somar, que vai aprender a amar, preservar… Essa é a dinâmica que você quer quando traz eles para visitar um lugar assim”, explicou o Manasseh.

Surpresa

Para a educadora ambiental Danielly da Mata, a visita ao MUSA serve para que os alunos do projeto possam vivenciar o que aprenderam nas oficinas de uma forma prática. “Aqui eles vivenciam o que aprendem nas oficinas. É muito importante principalmente porque estamos no mês de proteção às florestas. É importante para eles estarem num ambiente totalmente diferente do que eles estão acostumados, que é a floresta, a biodiversidade, tudo que eles viram por aqui, isso enriquece as oficinais porque é um conhecimento na prática”, explica.

Para a coordenadora do projeto Esporte Educacional e Sustentabilidade (EES), Katiussia Souza, a visita gerou um impacto nos alunos e criou neles a sensação de pertencimento à Amazônia.

“Falar da natureza sem ter contato com a natureza, não é um trabalho que gera muito impacto. O contato com a natureza é fundamental para eles sentirem-se pertencentes a Amazônia. Sentir que é uma área que eles precisam cuidar, proteger e garantir a sustentabilidade para as outras gerações. Eles são co-responsáveis pela conservação da biodiversidade amazônica”, finalizou.

Agradecimentos

Além da turma do remo, os alunos do projeto EES do Taekwondo, Esportes Coletivos e Educação Complementar também visitaram o MUSA, que gentilmente abriu suas portas para receber as crianças e adolescentes do Esporte Educacional e Sustentabilidade de forma gratuita.

Compartilhe!
doação

You may also like

doação